terça-feira, 30 de setembro de 2008

Dicas de escrevinhar para blogs

Vc tem um blog e não sabe mais sobre o que escrever?
Ou,
não tem e entra em crise toda vez que pensa sobre isso?

Que tal procurar no Google sobre o último estudo do IVC (Instituto Verificador de Circulação)? Nesse link do Meio $ (oooops, &) Mensagem, o mais importante veículo de publicidade do Brasil, há alguns dados interessantes.

A pesquisa detectou um aumento de público de algumas publicações mensais. Vindo nesse momento de aumento de renda, principalmente em quem não tinha acesso ao consumo, é bem interessante.

Temas -- e estilo -- da revista Mundo Estranho, por exemplo, estão em alta. Já os da Rolling Stones Brasil, estão em baixa (parece q, ao contrário do slogan, isso não importa tanto ou não importa desse jeito). Pode haver, nesse último dado, alguma influência da web como concorrente da revista.... eu até acho q sim, Mas, cabe a vc testar e arriscar.

Ah! Sim, claro. Evidente. Essa dica é para quem se preocupa com audiência. Quem não está nem aí pra isso, pode desencanar e continuar a ser original.

9 comentários:

Lain disse...

eu tenho blog e gostaria de escrever mais, mas sempre penso: pra que se alguém já falou disso por aí? rsrs. Aliás, os portais é que andam em busca de gente com blog pra eles engolirem os pobres blogueiros com audiência e texto.

mauricio gaia disse...

sobre a rolling stone, eu até diria o seguinte:

a revista bizz em todas as suas versões e nomes sempre foi um título deficitário da editora abril. o publico-alvo de revistas como esta NÃO compra revista, ou não lê (isto me lembra frank zappa...)

a internet concorre com isto? concorre, mas o problema sempre existiu para este tipo de publicação.

Gilberto Pavoni Junior disse...

Lain - acontece qdo a besta tem cabeça grande e cauda curta... ah! já estou enjoando de fazer trocadalhos com a Cauda Longa....rs

Mauricio - Eu tenho dúvidas // e a revista Pop - aquela que reinou nas bancas nos anos 70?

mauricio gaia disse...

pô, anos 70 é muito distante para eu ter esta referência... pelo menos em música pop. serve tio patinhas e turma da mônica? ;)

Gilberto Pavoni Junior disse...

Cara, eu acabei ficando pensando nisso. Acho q a diferença da Pop pra RL é que antes era possível adiantar fatos e tendências musicais. Hj, essas publicações não conseguem adiantar nada. Isso pq o underground já está dominando a web e aí ele mesmo adianta pras massas.
Caberia a revistas como a RL achar outra forma de tratar o tema e centrar a comunicação.

mauricio gaia disse...

mas aí que está, não sei se isto é um efeito só da web.. se assim fosse, a bizz teria tido um números mais expressivos antes de 97. naquela época, já era uma publicação de baixa vendagem - talvez a explicação resida no fato de os jornais diários terem intensificado sua cobertura neste assunto.. difícil uma publicação mensal competir com um jornal diário.

acho que isto também explica o fato da revista placar, embora um título super tradicional, ter tido várias encarnações ao longo do tempo (e ter tido sua publicação suspensa em inúmeras vezes)

Pedro Favaro disse...

Querer muito audiência termina comprometendo a qualidade do que é escrito.
sei lá.

Gilberto Pavoni Junior disse...

Pedro,
isso a mídia de massa sabe de cor. O q ela nunca conseguiu equacionar é lucro com erudição e grande audiência. Tomara que alguém um dia consiga.

Gilberto Pavoni Junior disse...

mauricio,
é.. realmente. Há uma crise de anunciantes que impede o sucesso de vários títulos já há pelo menos duas décadas. Junte a isso esse fato dos jornais.. aí, só então, junte a internet.

No meio disso vc põe q a criatividade anda muito ruim no mainstream e no undergroud tb.

Eu acho q o erro maior é trabalhar e comercializar (trilha, revista, show etc.)a música como produto hoje em dia. Devia ser vendida como sensação... experiência.

Marcadores em Destaque

 
Template design by Amanda @ Blogger Buster